Poemas de Ninguém

Poemas de ninguém ressoando em algum lugar. Seção destinada aos poemas que compõem o livro inédito Rua


Pela rua se anda, e se descobre sua poesia coletiva. Está nos muros, no sinal, nas entrelinhas dos outdoors. Mas há também a ordem e as instituições. Nessa dialética comunitária, desdobram-se os signos de nossa subjetividade e da composição anárquico-autárquica do mundo. Você também faz parte dela. Desse modo, nós o convidamos também a construir os...