Uma escolha simples, por Victor Leandro

26/10/2020

Não é o caso nem mesmo de comparar. A rigor, Manaus tem candidato único à prefeitura. Todos os demais - isso dentre os líderes nas pesquisas e com verdadeiras chances de alcançar o pleito - integram o problema, não representam nada além da repetição dos erros que se mostram ao longo dos anos. Portanto, votar em Zé Ricardo é não fazer mais do que o óbvio.

Mas claro, existe a disputa, as propostas, as trocas de acusações e o marketing que confundem. Porém, estranho seria levar a sério esses artifícios. Alguém acredita mesmo que haverá mudança por parte dos que sempre estiveram por aí e fizeram tão pouco? Ou que suas mentalidades lhes permitem sair do esquema patriarcal e oligárquico de que participam? Levar esse debate adiante é uma pura perda de tempo.

Ah, mas há também o PT, que destruiu o Brasil. Aqui, também não vale a pena prosseguir com as evidentes contradições. O que importa é que estamos falando dos problemas reais da cidade, que exigem soluções concretas e pessoas dispostas a pô-las em ação. Pensando nisso, não é preciso perguntar quem se mostra mais apto para tanto.

A escolha é simples, é fácil, exige o mínimo.

Assim, o que nos cabe questionar é tão somente isso, se queremos alguma mudança de verdade ou preferimos nos iludir com delírios personalistas. Mas essa também é uma pergunta retórica. A opção já está mais do que dada. O resto é 13 e confirma.