Um estudo em vermelho, do livro ao seriado: Uma análise da metodologia investigativa de Sherlock Holmes a partir da teoria peirciana, por Rayza Santos e Victor Leandro

05/06/2020

O presente estudo intenta averiguar como a teoria peirciana, principalmente a tricotomia dos argumentos - abdução, dedução e indução - parece ser aplicada por Sherlock Holmes na resolução dos seus casos. Apontaremos a importância do método abdutivo na sua investigação e também, os diferentes recursos utilizados por ele que funcionam como uma forma de afirmar a relevância desta tríade do raciocínio lógico. Compondo o corpus do trabalho temos o livro "Um estudo em Vermelho", de Conan Doyle e o capítulo "Um estudo em rosa", da série "Sherlock" apresentada pela BBC Londres, que nos permite verificar as adaptações feitas, assim como confirmar a presença de um elemento que se perpetua, auxiliando na formulação de hipóteses: a criatividade.


Para acessar o texto completo, veja aqui: