Poema I, por Luana Aguiar

28/08/2020


Se, debaixo das mangueiras escondidas no quintal,

de tudo um pouco se falou, também um pouco

de tudo se calou, como entre a faca o afago

e o adeus, se cala uma menina morta.


Imagem: pintura de Marcela Cantuária