Poemas de Aprendiz - Lembranças de uma mulher, por Carlos Henrique Guimarães da Silva

05/05/2020

A violência contra a mulher e a necessidade dolorosa de autodefesa são os temas centrais desse poema escrito pelo estudante Carlos Henrique Guimarães da Silva, do segundo ano do Ensino Médio da FMM. Acompanhem os versos, e tenham todos uma reflexiva leitura.


As lembranças vêm,

Os mesmos sentimentos voltam a surgir,

O medo, o pavor, a dor que parece nunca sair,

Suas mãos ásperas e a piscina sem ninguem.

Gritos, à procura de alguém para me ajudar,

A dor no peito devido a falta de ar.

As lágrimas que caiam sem parar,

Sua voz grossa e seca querendo me encontrar.

O frio a minha volta e nada para me esquentar.

Sozinha, fraca, perdida,

Abandonada para morrer naquele lugar.

Tão pequena e por um trauma tive que passar.

Alto, forte, olhos claros e rico.

Uma faca em seu peito tive que cravar,

para você parar.

Lembro de suas mãos em meu pescoço

Seu toque alicioso,

Em tudo aquilo, eu só queria fazer parar.

Mais um Não, não foi suficiente para você parar de me tocar.

Garota, pequena, que só queria sonhar.

Quem diria que um monstro, ela iria matar

E a pequena sonhadora em uma mulher se transformou,

E a sua voz nunca se mais se calou.


Créditos da imagem - https://copirseduc.blogspot.com/2019/07/25-de-julho-visibilidade-da-mulher.html