Poemas de Aprendiz - Era uma vez, por Adriel Lima

26/06/2020

Era uma vez , não !

por favor , para !

isso aqui tá bem longe

de um conto de fadas.

A realidade é cruel

A realidade é fatal

estamos em ordem , longe progresso,

Brasil é a desordem mundial !

ouviram do Ipiranga

às margens Plácidas ,

o grito inocente da

criança baleada.

Foi pra escola com

a esperança de estudar ,

mas hoje em dia

a realidade que quer ensinar .

a mídia esconde tanto ,

que até o maior ladrão vira santo,

direitos humanos diz que

ele atirou por engano .

Será que a vida

é uma canção infantil?

onde o lobo mal, não sopra.

Ele atira com o fuzil.

crânio mole , pedra dura

tanto bate até que fura.

isso não é frescura ,

A justiça é cega , mas com esse som de tiros , ela também ficou surda.

O que está acontecendo com

essa nossa geração ,

hoje em dia virou normal

falar que vai roubar na eleição.

Estamos no Brasil ,

onde é a corrupção que reina !

O que existe aqui ?

Ricos , políticos e pobreza.

Vamos voltar aos primórdios ,

pra eu poder te explicar ,

O inferno estava na terra

com a ditadura militar !

a economia estava acabada ,

o cruzado tentou ajudar ,

o cruzeiro logo depois

só ajudou a piorar.

Moeda não valorizada ,

vamos combater esse mal !

Disse Fernando Henrique Cardoso

com o Plano Real.

então aplicamos o plano ,

sendo valorizados como o dólar.

será que pelo menos isso,

nos ensinaram na escola?

algumas pessoas parariam

mas hoje , eu vou além !

diz aí MC Sid,

esse Brasil é de quem ?

Ó meu Deus do céu,

ajude minha pátria amada !

Nosso Brasil é bem mais

do flora e fauna.

E assim eu me despeço ,

sendo realista e frio.

Dos filhos deste solo és mãe gentil,

Pátria amada, Brasil!


imagem -  Recife, a capital brasileira da desigualdade Cópia arquivada no Wayback Machine