Poema: Notícias*, por Miller Brito

07/06/2020

Lâmpadas celestiais iluminam o caminho,

Esgotou-se o encanto do encantado,
Sigo dançando, embalado pelo banzeiro.
Algumas toneladas por alguns papéis,
Que não servem nem para escrever cartas.
O sol desliga e as engrenagens padecem
Eu forte permaneço, por teus sonhos.
Minh'alma é invadida por pensamentos abutres,
E mesmo que ele tenha pedras de sol,
Elas não podem preencher o vazio
Que ruge ao som do teu silêncio.


*Poema publicado no blog Escrevendo a Eternidade. Pode ser acessado no link: 

https://www.escrevendoaeternidade.com/2020/06/noticias.html?m=1