Nietzsche e a potência do político, por Matheus Cascaes e Victor Leandro

05/06/2020

Resumo: Em sua obra, o filósofo Friedrich Nietzsche desferiu numerosos ataques frontais ao pensamento político socialista, considerando-o como uma forma de manifestação política do cristianismo, apontado por ele como o componente principal de enfraquecimento da potência humana. Entretanto, apesar de suas manifestações, alguns de seus conceitos e ideias se coadunam de forma promissora com certos princípios revolucionários estabelecidos por Marx e Engels. Tendo em vista essas perspectivas, o presente texto procurará definir de que maneira o marxismo pode articular-se com a filosofia nietzschiana, para o que o conceito de multidão, elaborado por Negri e Hardt, atua de modo bastante significativo.


Para acessar a obra completa, acesse aqui: